Layouts
Horizontal Caixa

Células tronco para Retinopatia Diabética Jornal científico Europeu publica trabalho do Dr Rubens Siqueira A retinopatia diabética consiste em uma das principais causas de cegueira no mundo. Diversos tratamentos são realizados atualmente para solucionar as complicações da retinopatia diabética como por exemplo o edema macular (inchaço da retina) e hemorragias .
Estes tratamento são a base de aplicação de laser ( fotocoagulação a laser) , injeção intraocular de medicamentos antiangiogênicos (avastin , lucentis e Eylea) e corticoides (triancinolona e ozurdex) além de cirurgias como a vitrectomia.

Entretanto todos estes tratamentos não solucionam a isquemia (infarto) da retina que estes pacientes apresentam levando a perda visual. As células tronco podem restaurar os vasos doentes da retina além de produzirem substancias que podem melhorar o funcionamento das células da retina que estão sendo danificadas pelo diabetes aumentando também sua sobrevida. Dr Rubens Siqueira publicou recentemente em um Jornal Científico Europeu (ACTA Ophthalmologica) os resultados dos primeiros pacientes portadores de retinopatia diabética que foram submetidos ao tratamento com células tronco.

 Estes pacientes apresentaram melhora do edema da retina e na qualidade visual. Este trabalho foi a primeira publicação com uso de células tronco para retinopatia diabética. Este estudo clínico ainda está em andamento e mais resultados serão apresentados no inicio de 2015